Adeus Portugal. Olá Qatar!

Chegamos há 6 dias atrás. Depois de doze horas de viagem, bastante cansativas, mas muito bem passadas. Confesso que vinha um pouco assustada, por viajar novamente sozinha com os meus filhos. Não tanto por ela, mas mais por ele, que acusa o cansaço logo assim à primeira meia-hora. Felizmente, os meus filhos devem ter nascido com os genes de viajante da mãe. Vão a todas e de sorriso nos lábios.

A viagem de Faro para Madrid, fez-se sem qualquer problema. A não ser, o timing que a bexiga do meu filho tem nestas alturas. O avião a aterrar em Barajas, e o Manel a dizer-me que não aguentava mais o xixi, agarrado às calças. Era quase inútil distraí-lo ou pedir-lhe que aguentasse. Eu sabia que ele, quando pede, já está nas últimas. Pior, eu sabia que, apesar de estarmos a aterrar, o tempo que o avião leva a circular na taxiway, até parar por completo, é para cima de uns quinze minutos. Por segundos, pensei: vai fazer ali sentado no banco, vai ficar todo molhado e ainda bem que trago roupa na mala de mão.

Olhei para a hospedeira que estava muito perto, expliquei-lhe a situação. E diz ela: «Mas agora é impossível e temos de esperar que o avião pare, porque ele pode cair e você também!». Ok! Ele vai fazer no banco. O avião quase a tocar no chão, ela a ligar à colega que estava lá atrás, que estava ali un niño que tiene que hacer pipi ahora mismo! O avião toca no chão, ela desaperta o cinto, apanha no Manel e lá vou eu atrás e entre solavancos e abanões, o Manel faz xixi com o avião a aterrar em Madrid.

Em Madrid, depois de muito andar, lá fizemos o nosso check-in na Qatar Airways e lá fomos , a caminho do nosso querido Dreamliner (Boeing 787) que nos levaria até Doha, até aos braços do amor-pai. Ficámos sentados na última fila, mesmo ao pé dos cabin-crew.

Mais uma vez, o meu Manuel foi o centro das atenções. Cada um que passava por ele, ficava uns minutos a brincar com ele. À nossa frente, um grupo de coreanos. Assim que o avião começa a acelerar na pista para levantar voo, tudo calado e o Manel grita :«Hooo-Houu.. I BELIVE I CAN FLY!». Imediatamente, os coreanos viram as cabeças para trás, a rir e os assistentes de bordo também. Tudo a rir, «dá cá cinco!», «Tu és tão giro!», «cutchi-cutchi» e o Manel a dizer «Yes» a tudo. Foi uma alegria!

img_2394

Foram umas horas bem passadas a bordo, especialmente porque o entretenimento é muito variado. Desde filmes, a jogos e a música, eles podem ocupar o tempo. Para comer, veio o menu especial de crianças, cheio de coisas boas: massa com molho de tomate, cenouras, ervilhas, queijo, batatas fritas, bolo de chocolate, melão, sumo, doces. E para o lanche, sumo de maçã com pão com nutella.

Aterrámos em Doha, já no dia seguinte. À nossa espera, os abraços e o sorriso do amor-pai. E um calor como nunca senti na vida. Havemos de nos habituar, tenho a certeza.

O carro cheio de malas, as malas onde coube tudo o que tínhamos para trazer. E o abrir de uma nova porta de casa, à qual chamaremos lar. Dissemos adeus a Portugal, num dia quente de Agosto, para dizermos olá ao Qatar numa escaldante noite de Agosto. Aos poucos, dia após dia, vamos construindo aqui o nosso lar.

Estamos bem, estamos felizes. E ontem, ao quinto dia, quando lhes perguntei: «sentem-se em casa?», os sim soantes e seguros e os sorrisos na cara, fizeram-me sentir segura de que sim, estamos em casa. 

Advertisements

2 thoughts on “Adeus Portugal. Olá Qatar!

  1. Uma voa pra NY outra proposta Doha e começam novas vidas dão rumos de continuidade aos risos e aos sonhos Portugal fica cada vez mais pequeno .os laços ficam as recordações tb,pede me bacalhau mas não me peças ar embalado da vila que eu não mando, enfim começo a sentir que vou ter de contribuir para o EMI de mais duas casa em continentes diferentes isto de ser gira com amigos longe da muita canseira OMG.
    SEJAM FELIZES , SEJAM VOCÊS MESMOS O RESTO VEM COM O TEMPO😊❤🏝✈

    Liked by 1 person

    • Obrigada princesa do meu coração! Cá te esperarei, se quiseres passar uns dias no deserto. Não te peço o ar da vila, mas peço que estejam desse lado, nem que seja a comentar disparates. Encurta a distância, faz o tempo passar, não me sinto tão deslocada.. Um beijo grande!!

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s